31 de março de 2019

Minha memória “DISCARADA”



 

Melhor do que um dicionário ou uma gramática é a memória fotográfica. Aí você escreve uma palavra, coloca uma cedilha num local errado, joga um ~, um x, um c, um q… no lugar que não é pra colocar…
E quando relê a palavra, vem sua memória e diz: – Tá maluca?
– É, tô maluca. Obrigada, discarada !!!
Porque a memória é, sim, discarada.
Ah! Sim, eu sei que discarada é DESCARADA, mas prefiro quando ela “DIS”. 

Categoria(s):
COMPARTILHE:
Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *