21 de outubro de 2017

Americana se torna Princesa após casar-se com Príncipe Etíope



Um “Conto de Fadas” contemporâneo

 

princesa

 

Eu não sou da turma que sonha com castelos, Princesa, Príncipe e cavalo branco. Minto. Eu até acredito. Se gosto. ó não acredito mais nessa história de príncipe salvar a plebéia e transformá-la em princesa. O Príncipe Charles não salvou a Princesa Diana. O Príncipe Andrew não salvou a Princesa Sarah. O Príncipe William não salvou a Princesa Kate. São pessoas em busca de um mesmo propósito: a felicidade. Uns conseguem, outros não. É a vida.

Mas isso não me impede de ser romântica. Sou. E muito. Amo histórias de amor. Imagine aí, uma “plebéia” que vai a uma discoteca com uma amiga e lá conhece o amor de sua vida! E mais: Depois fica sabendo que ele é também um príncipe da Etiópia! Parece até enredo de  um dos meus livros. Eu amei ! Principalmente porque nessa história de amor os dois são os príncipes deles mesmos e são modernos.

Como tudo começou

princesa

 

se conheceram numa balada em Washington, capital dos Estados Unidos, em 2005. Eles estavam acompanhados de amigos. Ele a viu dançando na pista com uma amiga e decidiu tomar a iniciativa. Ele disse: ‘Vocês parecem com as modelos do comercial da Bombay Sapphire [marca de bebidas]’. Não demorou nem cinco minutos para eu falar: ‘você vai ser minha namorada”, contou Joel ao jornal “The New York Times”.

Ao invés de revelar sua identidade “real”, ele preferiu impressioná-la conversando sobre história. O segredo só foi revelado tempos depois, quando já estavam namorando. Ele, na verdade, nasceu em Roma, foi criado na Suíça, onde seus pais, o príncipe David Makonnen e a princesa Adey Imru Makonnen, foram exilados em 1974, depois que uma guerra civil colocou fim ao reinado de seu avô.

 

O namoro e “as separações”, o casamento e a nova Princesa

 

princesa

 

 

Quem pensa que a partir daí eles tiveram o “Felizes para sempre” se enganou. O namoro precisou resistir ao tempo e à distância.  Primeiro, ele precisou estagiar seis meses na França, depois foi a vez dela de passar um ano em Paris. Pensa que parou? Em 2008, Joel foi para a Etiópia fundar a organização Alchemy World (que auxilia jovens etíopes a conseguir oportunidades de estudo e trabalho) com o tio. E, em 2012, Ariana se mudou para Harvard — em Cambridge, Massachusetts — para fazer seu mestrado na área de educação em artes.

Eles só ficaram definitivamente juntos em 2014, quando príncipe Yoel, como Joel é conhecido,  se retou e comprou um anel e pediu Ariana em casamento. “Ele batia tão forte que ela achou que a casa havia sido invadida por ladrões. E era apenas o pobre coitado tentando fazer o pedido”, contou o pai da noiva, Bobby Austin, à publicação.

 

 

Os dois subiram ao altar agora em Setembro, numa igreja ortodoxa etíope com 13 sacerdotes que deram o nó. A cerimónia do casamento terminou com uma receção formal no estado da Virgínia.

Felicidades aos noivos e que, finalmente, SEJAM FELIZES PARA SEMPRE !!!

 

Load More
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.

 

 

 

 

Categoria(s):
COMPARTILHE:
Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *