CADA UM TEM A PATRÍCIA QUE MERECE!

CADA UM TEM A PATRÍCIA QUE MERECE!

Você está na categoria:

MUITOS ABADÁS

13 de maio de 2019

DIA 13 DE MAIO

Isabel não fez mais do que a obrigação, tá?
Foi bondade não, ok?
Essa historinha “bonitinha” e com caneta cravejada de diamante é a contada a partir da versão d@ escravagista, que ainda quis/quer sair de redentor/a.
Quer homenagear? Quer agradecer?
Temos as nossas princesas.
Temos Alquatine, Dandara, Luisa Mahin, Tereza de Benguela e tantas outras que foram escravizadas, se rebelaram e morreram na luta!
E se engane, não. A ESCRAVIDÃO não acabou ainda. Só mudou de nome e de forma. A ideia sórdida deles é que as chibatadas e as mordaças sejam eternas. As armas que eles escolheram? A nossa completa ignorância. Tomemos tento, então.
Vamos organizar esse baba e parar de deitar pra quem nunca quis de verdade a nossa liberdade. ✊🏿
Pronto.
Dito isso.
BOA SEMANA!
Amanhã, dia 14, tem sorteio de livro no instagram @patriciarammos, porque conhecimento é poder. 🖤
.
.
.
.
.
#trezedemaio #diaquatorze #quatorzedemaio#14demaio #princesaisabel#princesaisabelnaomerepresenta#princesasnegras #umabadapracadadia #leiaurea#13demaio

Categoria(s):
COMPARTILHE:
22 de abril de 2019

LUZ, CÂMERA e AMOR 📍 Aline Sant’ana

Olá, minha gente! Tudo bom? Antes de falar sobre “Luz Câmera e Amor”, vamos conversar?

Esses dias ando bem empolgada com as minhas leituras! Tenho lido mais do que no ano passado, nesse mesmo período.

Tudo é um gás que a gente bota no babado.

Estou com um novo INSTAGRAM. Isso significa que, além do @patriciarammos (UM ABADÁ PRA CADA DIA), temos um só literário, que é o @meuabadaliterario só com resenhas e compartilhamento de livros. Gostaram?

Vamos de resenha boa?

 

 

Luz Câmera e Amor – A sinopse

 

Luz Câmera e Amor

 

Título: LUZ, CÂMERA e AMOR
Autora: Aline Sant'ana
Editora: Charme
Compre:  FÍSICO

 

Sou Evelyn Heyley, atriz de Hollywood, e você provavelmente já ouviu meu nome em algum lugar. Batalhei anos para consolidar minha carreira e me orgulho muito de todos os projetos que abracei com amor. Mas, agora… estou prestes a receber a oportunidade da minha vida: um longa-metragem inspirado no romance da autora bestseller Shaaron W. Rockefeller.

E é claro que vão me dar um par romântico incrível. Provavelmente um nome que Hollywood ama, como o Thor, da Marvel, ou até o novo James Bond. Ao menos, era o que eu esperava. Assim que a porta da sala de reunião se abriu, revelando o rosto estupidamente bonito daquele ator, com um perfume impactante e uma beleza digna de irritar os deuses, eu soube que meus planos tinham ido por água abaixo. O que era a minha chance do Oscar acabou se tornando um desastre cinematográfico. Chuck Ryder. Ou você pode chamá-lo de o meu pior pesadelo.

 

 
Luz Câmera e Amor – A história de Evelyn e Chuck.

 

 

Evelyn é uma atriz de Hollywood em ascensão, com dez anos de carreira e super talentosa. Ele é um ator emergente, com fama de “estrela”, que parece não gostar do que faz e, apesar disso, vem fazendo muito sucesso, sendo, inclusive, um dos atores mais procurados do momento. 

Ela o considera tosco, fraco, sem talento… Para nós, talvez um “Cigano Igor” da novela “Explode Coração” de Glória Peres (alguém lembra dele? “Dara ou não Dara?”kkkk).

Para sua tristeza, logo quando é chamada para ser a atriz principal de um filme com roteiro de um livro super famoso, com a promessa de alavancar de vez sua carreira, descobre que fará par romântico justamente com Chuck. 

 

“Olha, Chuck (…) Você não demonstra sentimentos nem quando está tomando um tiro de uma Glock.  Não faz as coisas com emoção, é sempre automático, como se estivesse sendo obrigado a atuar. Eu, veja bem, não consigo compreender como chegou tão longe.”

 

Sem papas na língua, na primeira reunião, ela questiona tal escolha e decide não fazer tal produção com medo de se queimar. Ele então lhe faz a proposta : os dois farão um teste com uma das cenas. Se ele não for bem, um dos dois desiste do filme. Mas para sua surpresa, não só ele é bom, como os dois tem uma química perfeita.

 

Luz Câmera e Amor

 

 

Luz Câmera e Amor – Amizade e Descobertas

 


Com o passar o tempo, os dois ficam amigos e Evelyn descobre que nem tudo era como ela pensava e que Chuck esconde muitos segredos que justificam tal má impressão inicial. 

 

“Fica meio difícil, Eve. Seu corpo e a maneira que você correspondeu… (…) – Você não torna nada fácil”.

 

Como é um romance, é claro que os dois se envolvem, né? Vai ter muito beijo na boca, sexo, encontro, desencontro, gente perturbada querendo atrapalhar o baba… Por isso, nem tudo é tão simples e tão perfeito na trajetória desses dois.

 

Luz Câmera e Amor

 


O livro é muito lindo! Li rapidinho e terminei apaixonada por eles!

Amo os livros de Aline! Amo histórias que tem histórias dentro de histórias!

 

“Os cabelos crespos em um lindo corte cheio acompanhavam uma faixa vermelha no início da cabeça (…) Sua pele em tom de chocolate reluzia com as luzes fortes e ela parecia brilhar na minha mente” (Se eu estou feliz com as características de Shaaron W. Rockfeller? Lógico, ela é da minha paleta)

 

Nessa temos dois atores interpretando uma história de amor dentro de uma história de amor. No livro eles vão rodar um filme que a adaptação do livro “RECORDE-SE ANTES DE EU PARTIR” de Shaaron W. Rockefeller, uma autora bem famosa. Vai ter muita emoção até o momento de serem FELIZES PARA SEMPRE, viu? Vou logo avisando!

Beijos da de cá.

Categoria(s):
COMPARTILHE:
31 de março de 2019

Minha memória “DISCARADA”

 

Melhor do que um dicionário ou uma gramática é a memória fotográfica. Aí você escreve uma palavra, coloca uma cedilha num local errado, joga um ~, um x, um c, um q… no lugar que não é pra colocar…
E quando relê a palavra, vem sua memória e diz: – Tá maluca?
– É, tô maluca. Obrigada, discarada !!!
Porque a memória é, sim, discarada.
Ah! Sim, eu sei que discarada é DESCARADA, mas prefiro quando ela “DIS”. 

Categoria(s):
COMPARTILHE:
16 de março de 2019

Resenha 📍A NOIVA DO BARÃO 📍Simone O. Marques

A NOIVA DO BARÃO

Ahhhhhhh, como eu amo os contos de fadas!

Embora eu não seja fã de mocinhas bobinhas à espera de mocinhos salvadores da pátria, montados em cavalos alados. Já falei sobre isso em outras resenhas, né? Não mesmo.

Acredito, sim, que as histórias, se vistas com mais detalhes ou tivessem uma continuação, mostrariam que amor nada tem a ver com salvação. Ou até tem, mas não como único caminho. É encontro, é parceria, é troca, é descoberta, é conflito, é amor, muito amor. E amar não é ser passivo ou subserviente. A menos que este seja o acordo.

Bom, falando demais aqui só para introduzir essa história. É que toda história me provoca reflexões. Principalmente, quando são boas! 

 

A NOIVA DO BARÃO

 

Sabe um conto de fadas diferente? Com personagens fora da curva mesmo com todos os clichês? Temos. E eu vim aqui compartilhar com vocês uma história bem do jeito que gosto. Com muito amor, sexo, intriga, tensão, segredo, diálogos bons e uma mocinha danadinha.

Pode entrar, Lisbeth. Mas antes de eu desabafar, vamos conhecer a SINOPSE, né?

 

A NOIVA DO BARÃO

 

Título: A NOIVA DO BARÃO
Autora: Simone O. Marques
Editora: Ler Editorial
Compre: EBOOK / FÍSICO

 

Robert precisava cumprir uma missão simples: escoltar a noiva do irmão, o Barão William Davon. Porém, ele não poderia imaginar que aquela mulher o faria questionar sua lealdade e colocaria em risco sua honra e sua vida. Lisbeth Phillips nunca teve o amor da família. No entanto, não esperava que o pai fosse capaz de dá-la em casamento a um Barão de fama terrível, apenas para se redimir da traição ao rei. O que ela não imaginava é que o homem encarregado de levá-la a seu funesto destino roubaria seu coração.

 

 

 

 

CINDERELA E A NOIVA DO BARÃO

 

Lisbeth Philips é uma garota que cresceu sem o amor da família. Perdeu sua mãe, de quem herdou a aparência, prematuramente, em seu nascimento. Por esta razão, seu pai não conseguiu nutrir por ela nenhum afeto, já que a culpou por tal tragédia. Tempos depois, ele casou-se novamente com uma linda mulher, com quem teve duas filhas gêmeas. A “família perfeita” não era perfeita, pois deixava de fora, para não dizer que maltratava, a jovem órfã.

Essa história poderia ser confundida com a história de Cinderela? Poderia. Temos a madrasta má, as irmãs, o pai omisso e o príncipe que chega para organizar o baba. Certamente esse conto serviu de inspiração para Simone O. Marques, autora de A NOIVA DO BARÃO, livro lançado pela LER EDITORIAL.

Bom, o babado começa com Robert Davon, chefe da guarda real e homem de confiança de seu irmão, o temível Willian, Barão de Davon, recebendo a delicada incumbência de transportar Lisbeth, ofertada pelo próprio pai para ser a noiva do Barão, como pagamento de dívidas

O que seria apenas uma simples escolta, tornou-se um verdadeiro teste de lealdade. Em sua aventura, Robert teve a oportunidade de conhecer profundamente a doce Lisbeth, por quem passou a nutrir um amor proibido.

O primeiro encontro dos dois foi impactante e inusitado. Ali, eles já sentiram uma ligação forte, capaz de abalar as relações familiares e a reputação das duas famílias.

 

 

LISBETH PHILIPS e ROBERT DAVON

 

Sobre Lisberh, como deve pensar, ser prometida a um barão poderoso com fama de mal, de implacável com as mulheres e sem direito de escolha! Ou melhor (pior?): Casar com o barão ou viver com uma família que a odeia? Aí, quando você chega a conclusão de que qualquer que seja a opção, o futuro é terrível, surge uma luz no fim do túnel. Um amor inusitado, viril, espontâneo, fulminante, porém, proibido. 

 

A NOIVA DO BARÃO

Já sobre Robert, será que seria opção entregar a primeira e única mulher que mexeu com o seu coração ao irmão, que a queria por conveniência? Ou valeria a pena, ir contra tudo e contra todos e encarar esse amor como a única possibilidade de felicidade?

 

A NOIVA DO BARÃO

 

Robert aparece, sim, como salvador. Mas Lisbeth também é sua salvadora. Um homem que nunca amou, uma mulher que nunca foi amada e um futuro incerto.

Gostei muito dela ser forte, embora venha de um passado triste. Amei também o fato dele, embora soldado da guarda, ser um cara sensível. 

 

A NOIVA DO BARÃO

 

 

HISTÓRIA FORTE E EMOCIONANTE

 

Amei a escrita de Simone! A NOIVA DO BARÃO é uma história bem leve, emocionante, detalhista, simples, sem perder a força e a emoção. Nada de “encheção  de linguiça” como muitos romances de época.

Tenho agonia de livros grossos, que demoraram uma eternidade para resolver coisas que poderiam ser resolvidas em um parágrafo. Livros de época, pela própria linguagem, já são mais demorados. Se o autor inventar de enrolar, aí a gente desiste fácil, fácil ou vai lendo de pouquinho, pouquinho, meses e meses.

Outra coisa é que as cenas sensuais são tuuuuudo de bom. Mas quem não curte livros com muito apelo sexual (eu gosto, a depender do livro), pode ficar tranks, porque não é o mote o livro.

História linda, protagonistas fortes, carismáticos e reais, capa maravilhosa… Super indico e dou 🌟🌟🌟🌟🌟 estrelas.

Recentemente foi lançado A ROSA SELVAGEM, o segundo livro da Família Davon. Eu já li, porque #SouDessas. Logo, logo teremos resenha também.

Categoria(s):
COMPARTILHE:
16 de março de 2019

Lançamento 📍 DORES DE AMORES 📍 Tatiana Amaral

 

Segura, está chegando mais um livro BAPHO de Tatiana Amaral. Para quem não conhece, Tati também é a autora da série O PROFESSOR e FUNÇÃO CEO, dentre outros. Esse novo livro faz parte da série “MULHERES DO 128”. 
O primeiro foi “BAILE DE MÁSCARAS”, lançado no ano passado. Agora teremos “DORES DE AMORES”, uma história sobre relacionamento abusivo e renascimento. Lançamento no dia 18 de Março.
Bora nessa leitura?

 

SINTA A SINOPSE:

 


Ruth conheceu o seu príncipe encantado. Rafael era um homem apaixonado, carinho e dedicado a sua princesa. A vida parecia perfeita e o futuro era promissor.
Decidida a fazer o relacionamento dar certo, Ruth ignorou as sutis mudanças, justificou os erros e acreditou na força daquele amor. Até perceber que já era tarde demais.
Dores e Amores é um livro forte.
Abordando a violência doméstico e os relacionamentos abusivos, Dores e Amores trás um tema atual e que precisa ser discutido.
Descubra como Ruth venceu a sua história e se apaixone por você mesma.
“O amor não sobrevive a tudo. Só amar, muitas vezes, pode ser o seu maior erro.”

Categoria(s):
COMPARTILHE: