16 de março de 2019

Resenha 📍A NOIVA DO BARÃO 📍Simone O. Marques



A NOIVA DO BARÃO

Ahhhhhhh, como eu amo os contos de fadas!

Embora eu não seja fã de mocinhas bobinhas à espera de mocinhos salvadores da pátria, montados em cavalos alados. Já falei sobre isso em outras resenhas, né? Não mesmo.

Acredito, sim, que as histórias, se vistas com mais detalhes ou tivessem uma continuação, mostrariam que amor nada tem a ver com salvação. Ou até tem, mas não como único caminho. É encontro, é parceria, é troca, é descoberta, é conflito, é amor, muito amor. E amar não é ser passivo ou subserviente. A menos que este seja o acordo.

Bom, falando demais aqui só para introduzir essa história. É que toda história me provoca reflexões. Principalmente, quando são boas! 

 

A NOIVA DO BARÃO

 

Sabe um conto de fadas diferente? Com personagens fora da curva mesmo com todos os clichês? Temos. E eu vim aqui compartilhar com vocês uma história bem do jeito que gosto. Com muito amor, sexo, intriga, tensão, segredo, diálogos bons e uma mocinha danadinha.

Pode entrar, Lisbeth. Mas antes de eu desabafar, vamos conhecer a SINOPSE, né?

 

A NOIVA DO BARÃO

 

Título: A NOIVA DO BARÃO
Autora: Simone O. Marques
Editora: Ler Editorial
Compre: EBOOK / FÍSICO

 

Robert precisava cumprir uma missão simples: escoltar a noiva do irmão, o Barão William Davon. Porém, ele não poderia imaginar que aquela mulher o faria questionar sua lealdade e colocaria em risco sua honra e sua vida. Lisbeth Phillips nunca teve o amor da família. No entanto, não esperava que o pai fosse capaz de dá-la em casamento a um Barão de fama terrível, apenas para se redimir da traição ao rei. O que ela não imaginava é que o homem encarregado de levá-la a seu funesto destino roubaria seu coração.

 

 

 

 

CINDERELA E A NOIVA DO BARÃO

 

Lisbeth Philips é uma garota que cresceu sem o amor da família. Perdeu sua mãe, de quem herdou a aparência, prematuramente, em seu nascimento. Por esta razão, seu pai não conseguiu nutrir por ela nenhum afeto, já que a culpou por tal tragédia. Tempos depois, ele casou-se novamente com uma linda mulher, com quem teve duas filhas gêmeas. A “família perfeita” não era perfeita, pois deixava de fora, para não dizer que maltratava, a jovem órfã.

Essa história poderia ser confundida com a história de Cinderela? Poderia. Temos a madrasta má, as irmãs, o pai omisso e o príncipe que chega para organizar o baba. Certamente esse conto serviu de inspiração para Simone O. Marques, autora de A NOIVA DO BARÃO, livro lançado pela LER EDITORIAL.

Bom, o babado começa com Robert Davon, chefe da guarda real e homem de confiança de seu irmão, o temível Willian, Barão de Davon, recebendo a delicada incumbência de transportar Lisbeth, ofertada pelo próprio pai para ser a noiva do Barão, como pagamento de dívidas. 

O que seria apenas uma simples escolta, tornou-se um verdadeiro teste de lealdade. Em sua aventura, Robert teve a oportunidade de conhecer profundamente a doce Lisbeth, por quem passou a nutrir um amor proibido.

O primeiro encontro dos dois foi impactante e inusitado. Ali, eles já sentiram uma ligação forte, capaz de abalar as relações familiares e a reputação das duas famílias.

 

 

LISBETH PHILIPS e ROBERT DAVON

 

Sobre Lisberh, como deve pensar, ser prometida a um barão poderoso com fama de mal, de implacável com as mulheres e sem direito de escolha! Ou melhor (pior?): Casar com o barão ou viver com uma família que a odeia? Aí, quando você chega a conclusão de que qualquer que seja a opção, o futuro é terrível, surge uma luz no fim do túnel. Um amor inusitado, viril, espontâneo, fulminante, porém, proibido. 

 

A NOIVA DO BARÃO

Já sobre Robert, será que seria opção entregar a primeira e única mulher que mexeu com o seu coração ao irmão, que a queria por conveniência? Ou valeria a pena, ir contra tudo e contra todos e encarar esse amor como a única possibilidade de felicidade?

 

A NOIVA DO BARÃO

 

Robert aparece, sim, como salvador. Mas Lisbeth também é sua salvadora. Um homem que nunca amou, uma mulher que nunca foi amada e um futuro incerto.

Gostei muito dela ser forte, embora venha de um passado triste. Amei também o fato dele, embora soldado da guarda, ser um cara sensível. 

 

A NOIVA DO BARÃO

 

 

HISTÓRIA FORTE E EMOCIONANTE

 

Amei a escrita de Simone! A NOIVA DO BARÃO é uma história bem leve, emocionante, detalhista, simples, sem perder a força e a emoção. Nada de “encheção  de linguiça” como muitos romances de época.

Tenho agonia de livros grossos, que demoraram uma eternidade para resolver coisas que poderiam ser resolvidas em um parágrafo. Livros de época, pela própria linguagem, já são mais demorados. Se o autor inventar de enrolar, aí a gente desiste fácil, fácil ou vai lendo de pouquinho, pouquinho, meses e meses.

Outra coisa é que as cenas sensuais são tuuuuudo de bom. Mas quem não curte livros com muito apelo sexual (eu gosto, a depender do livro), pode ficar tranks, porque não é o mote o livro.

História linda, protagonistas fortes, carismáticos e reais, capa maravilhosa… Super indico e dou 🌟🌟🌟🌟🌟 estrelas.

Recentemente foi lançado A ROSA SELVAGEM, o segundo livro da Família Davon. Eu já li, porque #SouDessas. Logo, logo teremos resenha também.

Categoria(s):
COMPARTILHE:
Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *