CADA UM TEM A PATRÍCIA QUE MERECE!

CADA UM TEM A PATRÍCIA QUE MERECE!

Você está na categoria:

Crônicas|Resenhas I Promoções I Vídeos I Entrevistas

12 de março de 2018

BBB18 I O quadrado Ana Clara X Jaqueline X Paula X Breno

Oi, minha gente !!!

E esse BBB18?

Mais um ano eu tentei ficar longe dessa carniça de BBB18 e não consegui. O problema é que sempre que vou ao Brasil, me rendo a esse vício  “cruel”.

A verdade é que o BBB, nada mais é, do que um recorte do que acontece na realidade. As intrigas, os romances, o caminho que escolhemos para chegar a alguns lugares, os traumas, o julgamento… A diferença é que está todo mundo preso dentro de uma casa, tendo que se aguentar por três meses. Pessoas diferentes, de diferentes lugares, que, a princípio, nunca se viram. E o bônus é a gente aqui de fora tendo a “licença” de julgar e de brincar de “ser Deus”.

Cada semana um assunto fica em evidência e se a gente soube tirar, são boas pautas para discussões beeeeem relevantes.

Exemplo?

O MACHISMO. É deprimente  perceber que somos AINDA tão MACHISTAS. E em pleno 2018.

Quando vejo homens e mulheres ditando como mulher deve se comportar, fico triste. A cada “mulher tem que se valorizar” é quase infarto que tenho.  É muito triste ver a mulher sendo eternamente julgada por tentar ser ela mesma. O certo ou errado não nos cabe.

São tantos assuntos que um programa, a princípio besta, nos desperta, que fico com vontade de fazer zilhões de vídeos a respeito.

Vamos falar sobre o do momento? O QUADRADO AMOROSO (Breno = Ana Clara X Jaqueline X Paula) no BBB18. Na primeira festa Breno ficou com Ana Clara, na segunda com Jaqueline e depois partiu pra ficar com Paula. O cara ficou com TODAS, mas a culpa e os xingamentos caem pra quem? Para as mulheres, é claro. Para mim, tudo na vida, depende dos acordos. Se homem pode, por que mulher não?

BBB18

Outra coisa é falar que uma traiu a amizade da outra, porque Ana Clara e Paula são próximas. Primeiro que eu não acredito em amizade de 40 dias, num programa que premia o vencedor com Hum Milhão e Meio. Outra, que TODOS ali são solteiros, ninguém comprometido e a própria traída não assumiu gostar do boy. A gente aqui fora sente isso, mas lá dentro a pegada é outra. Não cabe a mim julgar quem quer que seja por isso. Acho injusto cobrar atitudes e se colocar como exemplo. Quem somos nós? Podemos sim ter nossas preferências, votar pelas atitudes, mas julgar caráter acho perigoso demais. É o que eu acho.

Vamos de vídeo? Porque eu estou sedenta.

Categoria(s):
COMPARTILHE:
7 de março de 2018

DIA INTERNACIONAL DA MULHER 📍E esse tal de AMOR DE MIGALHAS?

Mais um ano estaremos celebrando o DIA INTERNACIONAL DA MULHER.

Não, não é só um dia de celebração. Não, não é só um dia de reinvindicação. Mas se a gente quiser faz só uma coisa ou outra. Porque é exatamente essa a nossa luta: O direito de ser e fazr o que a gente quiser. Sem julgamentos. É possível? É claro que é.

A única certeza é que ESSE DIA  é nosso, é necessário e não abrimos mão. De jeito nenhum.

Se você quiser, pode celebrar junto com a gente. Caso contrário, e você não quiser ajudar, fique na sua.

Quer reinvindicar o DIA DO HOMEM? Faça isso. É direito. Mas sem esse papo de tentar deslegitimar o nosso. A gente sabe as nossas dores. Então pronto.

Há muito tempo tentam colocar em nossa cabeça que mulher é rival de mulher, que mulher não é amiga de mulher e, infelizmente, muitas de nós engolem essa pilha.

NÃAAAAAO. MULHER é pra ser PARCEIRA,  é pra ser AMIGA,  é pra APOIAR a outra.

 

 

E é pensando nessa corrente que essa semana vai ser TEMÁTICA.

Vamos falar muito de nós, para nós, para homens também, mas especialmente para nós.

Fiz esse vídeo pra abrir os trabalhos. Ele fala sobre ESSE TAL DE AMOR DE MIGALHAS, que a gente aceita, pra não ficar só, ou porque somos pressionadas.

Vamos conversar? Estou sedenta.

VENHA!

Aproveito e deixo uma fotinha básica que fiz no Brasil, tirada pelo meu fotógrafo massa Ricardo Konká.

A foto é porque é meu dia e gosto de me amostrar mesmo. Apenas.

Venha comigo!

Cada um tem a Patrícia que merece.

 

 

MULHER

 

Categoria(s):
COMPARTILHE:
5 de março de 2018

Um Sedutor sem Coração | Lisa Kleypas

 

Um Sedutor sem Coração

 

É o mais recente livro de Lisa Kleypas e eu já estou ansiosa pra ler e que dá início à série OS RAVENELS.

Tenho certeza que dará um bom caldo, já que os protagonistas misturam paixão e humor ácido. Adoro quando o romance de o “joguinho” do desafio. E ao que me parece não será tão fácil o “mocinho” conquistar a “mocinha”. Por isso, já amo!

Já contei que estou super curtindo livros de época, né? Em minha passagem pelo Brasil comprei vários. Agora é sentar a bunda, ler TODOS e depois compartilhar com vocês.

Aguarde e confie.

Vamos à sinopse?

 

sedutor

 

Devon Ravenel, o libertino mais maliciosamente charmoso de Londres, acabou de herdar um condado. Só que a nova posição de poder traz muitas responsabilidades indesejadas – e algumas surpresas.

A propriedade está afundada em dívidas e as três inocentes irmãs mais novas do antigo conde ainda estão ocupando a casa. Junto com elas vive Kathleen, a bela e jovem viúva, dona de uma inteligência e uma determinação que só se comparam às do próprio Devon.

Assim que o conhece, Kathleen percebe que não deve confiar em um cafajeste como ele. Mas a ardente atração que logo nasce entre os dois é
impossível de negar.

Ao perceber que está sucumbindo à sedução habilmente orquestrada por Devon, ela se vê diante de um dilema: será que deve entregar o coração ao homem mais perigoso que já conheceu?

Um sedutor sem coração inaugura a coleção Os Ravenels com uma narrativa elegante, romântica e voluptuosa que fará você prender o fôlego até o final.

Categoria(s):
COMPARTILHE:
18 de janeiro de 2018

Vem aí a série Espiral de Desejo, de Nina Lane

Para quem estava com saudades de séries hots como Cinquenta Tons de Cinza, vem aí Espiral de Desejo

 

Em breve a Editora Paralela lançará uma nova série para quem gosta de livros hots. É a trilogia Espiral do Desejo, de Nina Lane, autora best seller do New York Times.

Daqui a algumas semanas, teremos DESPERTAR, o primeiro livro da série. Quer conhecer um pouquinho?

Espiral de Desejo
Uma série sexy e apaixonante que vai mexer com suas emoções mais profundas.
 
Um casamento baseado no amor, no desejo e na confiança. Um segredo guardado com a melhor das intenções. Um relacionamento — intenso e imperfeito — colocado à prova.
Dean West é o grande amor e o porto seguro da vida de Olivia. Um marido dedicado, um parceiro intenso e, acima de tudo, um homem completamente apaixonado por sua mulher. Conhecedor dos segredos mais obscuros da esposa, Dean a possui por completo — hoje, amanhã e sempre.
Mas o casamento aparentemente perfeito dos dois é abalado quando Olivia descobre uma faceta até então desconhecida do passado do marido. Será que a força dos sentimentos que eles têm um pelo outro será capaz de prevalecer sobre a dor da decepção?
 
Ao contrário do que acontece normalmente, a série já começa com o nosso casal protagonista casados e vivendo problemas inerentes em toda relação. Acontece algo que abala a relação dos dois, fazendo com que Olívia tenha que decidir continuar ou desistir.

 

CONTINUE LENDO

Categoria(s):
COMPARTILHE:
8 de janeiro de 2018

Resenha | Retratos de Uma Vida | Naty Rangel

 

Recebi o livro RETRATOS DE UMA VIDA da Editora LER EDITORIAL e fiquei muito feliz! Guardei esse num cantinho bem especial do meu coração. Que livro fofo! Como o que é bom a gente compartilha, vamos lá? Mas vamos por partes. Primeiramente, a sinopse.

 

A HISTÓRIA | RETRATOS DE UMA VIDA

 

 

Retratos de um vida

Título: RETRATOS DE UMA VIDA
Autora: Naty Rangel
Editora: LER EDITORIAL
Compre: FÍSICO | EBOOK

 

“Na adolescência, Jennifer precisou superar a perda dos pais e a traição do namorado com sua melhor amiga. Mas o tempo e o irmão inseparável deram a força que ela precisava para seguir adiante.

O emprego dos sonhos é a primeira de muitas conquistas e é só o começo de uma sessão de flashes emocionantes em sua vida. Ela está prestes a conquistar o coração de alguém bastante improvável, mas terá que lutar para superar os obstáculos que estão por vir.

Retratos de Uma Vida narra a história da fotógrafa Jennifer Torres, seus conflitos no início da vida adulta, as dificuldades para conseguir um bom emprego e a descoberta do amor. Um livro que experimenta a fórmula teen dos dramas americanos em nossa cultura, trazendo uma história repleta de superações e reviravoltas.”

 

VAMOS PAPEAR?

 

Se você fosse fazer retratos de sua vida, qual a cara que eles teriam? Tentei fazer aqui e não coube bem nem em 20 álbuns. Aposto que se você tentar terá a mesma sensação.

RETRATOS DE UMA VIDA remete a muita coisa, néam? Pode ser a sua infância, a sua adolescência, a fase adulta, a um passeio de barco, uma viagem, o primeiro namorado, o casamento, o filho, a formatura… Tantas mil coisas, que até falta texto. É um título BAPHO, bem redondinho, curioso, instigante, atraente…

Estamos aqui para falar sobre os RETRATOS DE UMA VIDA de Jennifer Torres, a nossa “mocinha”. Ela poderia ser uma garota como qualquer outra, apaixonada pela fotografia, que encontra o grande amor no local de trabalho e vive com ele entre tapas e beijos, com muita gente para atrapalhar, até a autora resolver dar um fim à história, com o aguardado “Felizes para sempre”. Mas não. É sobre isso. mas não é isso. Há muito mais a se falar sobre Jennifer. Ela teve que superar vários obstáculos, embora muito jovem. Eu fiquei muito feliz com a “mocinha” forte, que não está na vida à espera do “mocinho” para salvá-la. É claro que de vez em quando dá uma raiva básica. A gente se pergunta “Por que essa garota está fazendo isso?””Por que esse cara está fazendo aquilo?”. Mas tudo verossímil. Então está tudo certo.

 

SOBRE JENNIFER

 

Quando adolescente, enquanto morava no Canadá, ela perdeu os pais num acidente trágico de carro, restando como família direta, apenas seu irmão, Lucas, e sua tia, irmã de seu pai. Como se não bastasse, ainda na mesma época, pegou o então namorado traindo-a com sua melhor amiga.

Anos depois, disposta a refazer sua vida, Jennifer, já no Brasil, prestes a dar uma guinada em sua carreira. O livro começa com ela numa entrevista de emprego, onde se candidata a fotógrafa assistente da revista de fofoca Famosos, chefiada pelo bonitão, Victor Rodrigues.

 

SOBRE VICTOR

 

Bonitão, rico, o típico “mocinho” dos romances. Apesar disso, não faz o galã desalmado que destrói o coração das mulheres. Nem tão pouco, o cara pobre que fica rico num piscar de olhos. Ele herdou a empresa do pai, já aposentado, mas conseguiu provar que tinha talento e condições suficientes para conquistar seu patrimônio.

Com charme peculiar, Victor está habituado a jogar charme para as mulheres, se depara com uma diferente.

 

O PRIMEIRO ENCONTRO

 

Um imprevisto acontece e não é o chefe do setor de Recursos Humanos da revista quem entrevista Jennifer. Tal papel cabe ao próprio Victor, que, acostumado a ter todas as mulheres aos seus pés, não perde tempo em assediá-la. Essa parte me deixou um pouco receosa. Assédio é assédio. Não é OK pra mim. Embora levemente atraída pelo charme dele, a primeira impressão (a minha também) não é das melhores.

Chateada, em um rompante, ela tem uma atitude intempestiva e vê o sonho de trabalhar para revista Famosos escorrer pelo ralo. Tendo que dividir as contas contas com irmão, seu também colega de apartamento, ela então se conforma em ter que trabalhar em algo que não lhe faz feliz, mas que pode suprir suas necessidades. Só o que julgou ter atrapalhado seus planos, na verdade, despertou a admiração de Victor e Jennifer vira a mais nova assistente de fotografia da revista.

Mas o mundo é cheio de surpresas, néam? E para ela, então, tem é coisa reservada. Tanto profissionalmente, como pessoalmente. Nesse novo desafio, ela terá que escapar às investidas do chefe, a se recuperar dos traumas do passado e vencer os obstáculos profissionais. Será que ela vai conseguir?

 

MINHA IMPRESSÃO | RETRATOS DE UMA VIDA

 

Retratos de uma Vida

Essa capa é muuuuuuuuito linda !!! Eu, Jennifer, Victor e o vulcão Diamond Head ao fundo.

 

Confesso que não esperava muito desse livro. Mas me surpreendi. De maneira despretenciosa, ele me cativou. A história de Jeniffer é bem comum. Uma garota, com traumas, disposta a se manter distante de novas relações, tem que vencer desafios profissionais e amorosos. O mocinho é rico, seu chefe e, por não tê-la a seus pés já no primeiro momento, a tem como um desafio e os dois se apaixonam. Até aí nada de novo.  O que diferencia essa história das outras é exatamente porque ela não se esforça para ser diferente. É simples, sem ser simplória e tem todas as pontas no lugar.

Tem gente que não gosta de clichês. Eu os amo. Acho que a vida é um, inclusive. A diferença é como a autora nos apresenta. E Naty Rangel fez um ótimo trabalho.

Muito feliz com essa descoberta e, desde já, agradeço a LER EDITORIAL pelo presente. Ele ficou muito feliz aqui em Hawaii.

RETRATOS DE UMA VIDA 2

 

Só não dou 💥💥💥💥💥 ESTRELAS (tá, dou QUATRO E MEIA), porque sou muito rigorosa pra dar a máxima. Mas amei!

Ah! Não vi necessidade de dividir a história em 2 livros. É tão pequenininha, redondinha… Por que não fechar logo em um mais grosso? Mas nada disso interfere no valor do livro. Ter dois é, de certa forma, bom para quem costuma se apagar às histórias e aos personagens.

O segundo livro é a história do casal com os problemas inerentes a todas as pessoas que se relacionam amorosamente, como, por exemplo, a presença do ciúmes, fantasmas do passado, relação dos dois com o trabalho… É sobre como os dois vão lidar com o fato de serem casal e patrão/empregada. Muita coisa, né, não? É muito retrato pra tirar ainda. E mais: Pelo menos a continuação já está disponível. Ou seja, já baixei o ebook e vou lá continuar minha viagem.

Vale muito a pena.

 Até mais.

 

 

Retratos de uma vida

Título: RETRATOS DE UMA VIDA 2
Autora: Naty Rangen
Compre: AMAZON

 

 

 

 

 

 

 

 

Categoria(s):
COMPARTILHE:
12345...1020...